Projetos-edicativos1
Titulo Projetos Educativos
Sub Título
Texto

A Literacia Matemática no 1ºciclo

Projeto: Hypatiamat

O Hypatiamat é uma plataforma disponível na internet que têm como objetivo potenciar a aprendizagem da matemática através da utilização das novas tecnologias. Desta forma possui diferentes APPS e jogos sérios que os alunos do 1º até ao 9ºano podem utilizar para desenvolver o seu rendimento escolar na disciplina de matemática. A implementação do Hypatiamat consiste na formação de professores do 2ºano de escolaridade de forma a utilizarem os recursos disponíveis na plataforma mediante a utilização e integração das novas tecnologias em sala de aula.

Objetivos:

Promover a qualidade do ensino/aprendizagem da matemática mediante a utilização e integração das novas tecnologias em sala de aula, através dos recursos disponíveis na plataforma Hypatiamat.

Munir os professores de uma ampla variedade de recursos, digitais ou não, que possam ser aplicados na sala de aula e fora dela, com vista à promoção do desenvolvimento matemático dos alunos.

Implicar, capacitar e acompanhar os professores para articularem, com autonomia, os diferentes tipos de recursos disponíveis na plataforma, de forma a poderem envolver os alunos e, consequentemente, melhorar o seu rendimento escolar a matemática desde os primeiros anos de escolaridade.

Público-Alvo:

Os principais destinatários são os professores e alunos do primeiro ciclo do Ensino Básico, com enfâse no 2ºano de escolaridade.

2017/2018; 2018/2019 e 2019/2020

 

Projeto: + Cidadania

No Combate ao Abandono Escolar

A plataforma +Cidadania, destinada a crianças do Pré-Escolar e do 1ºciclo do Ensino Básico, tem como missões prevenir e reduzir o abandono escolar e promover a igualdade de acesso a uma educação de qualidade. A plataforma proporciona um ambiente de aprendizagem rico em tecnologia, facilitador da aprendizagem, do trabalho colaborativo e da partilha de ideias. Esta plataforma permite/favorece a realização de actividades dinâmicas e lúdicas, envolvendo os diversos atores da comunidade educativa, numa rede capaz de promover e desenvolver conhecimentos, competências e valores que ajudam as crianças a desempenhar um papel ativo na comunidade.

Objetivos:

Prevenir e reduzir o abandono escolar precoce e promover a igualdade de acesso a uma educação de qualidade.

Proporcionar um ambiente de aprendizagem rico em tecnologia facilitador da aprendizagem promovendo o trabalho colaborativo e a partilha de ideias.

Público-Alvo:

Os principais destinatários são os alunos do pré-escolar e do primeiro ciclo do Ensino Básico

Empreendedorismo Escolar no 2º, 3ºCiclo e Secundário

Projeto: Escolas Empreendedoras IN.Ave

O projeto Escolas Empreendedoras IN.Ave surgiu como resposta à necessidade de os alunos serem cada vez mais bem-sucedidos na vida pessoal, social e profissional. Focando-se na educação para o empreendedorismo e a cidadania, visa o desenvolvimento das competências, emoções, ferramentas e dos valores dos empreendedores. 

O projeto realiza-se através da aplicação de programas que versam diferentes temáticas relacionadas com o empreendedorismo.

Cada programa desenvolve-se preferencialmente em 12 sessões de 90 minutos, que podem ser flexibilizadas consoante a realidade de cada turma. São propostas atividades que visam complementar o desenvolvimento do projeto “fora da escola”, tais como concursos de ideias, feiras de profissões, visitas de estudo, workshops com figuras empreendedoras e reuniões com encarregados de educação.

Objetivos:

Promover o sucesso escolar através da ativação das soft skills fundamentais para a criação de propostas de valor;

Potencializar nos alunos as competências empreendedoras que lhes permitam desenvolver o espírito de iniciativa e a capacidade de criar, testar e desenvolver ideias, produtos e serviços originais e de valor;

Disseminar a cultura empreendedora, dotando os alunos de ferramentas essenciais para serem bem-sucedidos na vida pessoal, social e profissional.

Público-Alvo:

Alunos do 2.º ciclo, 3.º ciclo e ensino secundário.

 

Despertar para a Ciência no 3º, 5º, 7º e 10º anos

Projeto: CURTIR CIÊNCIA

O Plano para as Ciências Experimentais, a desenvolver pelo Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães, visa despertar nos alunos o interesse pela cultura científica e pelas atividades laboratoriais.

O plano divide-se em áreas temáticas adaptadas aos vários anos de escolaridade: 3º ano do 1º ciclo, 5º ano do 2º ciclo, 7º ano do 3º ciclo e 10º ano do ensino secundário. É composto por atividades práticas estreitamente relacionadas com os programas curriculares com o objetivo de facilitar o processo de ensino/aprendizagem. Para cada um dos anos de escolaridade referidos foi definida uma unidade programática de intervenção prioritária, sendo os conteúdos abordados de forma transversal em cinco sessões – quatro sessões em ambiente de sala de aulas e uma sessão no Centro Ciência Viva de Guimarães.

Objetivos:

Despertar nos alunos o interesse pela cultura científica e pelas atividades laboratoriais.

Facilitar o processo de ensino/aprendizagem com recurso a atividades práticas estreitamente relacionadas com os programas curriculares.

Público-Alvo:

Alunos do 3º ano do 1º ciclo, 5º ano do 2º ciclo, 7º ano do 3º ciclo e 10º ano do ensino secundário

 

Promoção e Compreensão da Leitura no 3ºano

Projeto: Litteratus

O Projeto Litteratus tem como finalidade elevar os níveis de compreensão de todos os alunos do 1º ciclo do ensino básico. Esta meta não se circunscreve a alunos com dificuldades de aprendizagem ou com talentos excecionais. O projeto implica a implementação de um programa – “Aprender a compreender torna mais fácil o saber”.

A implementação deste programa é efetuada pelos professores titulares de turma em contexto de sala de aula. No início do ano letivo serão realizadas provas de rastreio, a fim de identificar alunos em risco na compreensão da leitura. Estas provas de rastreio serão igualmente efetuadas pelos professores titulares de turma.

Objetivos:

Diagnosticar precocemente, nos alunos, dificuldades de leitura e de escrita.

Promover, nos alunos, níveis elevados de compreensão leitora.

Promover o desenvolvimento dos processos inerentes à leitura e à escrita, como ferramenta de conhecimento.

Público-Alvo:

Alunos do 3.º e do 4.ºanos de escolaridade

 

Competências Parentais

Projeto: Educação Parental

O projeto de Educação parental visa a capacitação de técnicos dos municípios para capacitarem famílias a terem ambientes familiares marcados por interações positivas e promotores de desenvolvimento dos/as seus/suas filhos/as, fortalecendo-as, também, para o desenvolvimento de parcerias positivas com as escolas. Visa, igualmente, a autonomia dos municípios para, no futuro, garantirem a sustentabilidade do projeto e a formação de profissionais. Paralelamente visa capacitar a comunidade, profissional e não profissional, enquanto comunidade amiga da família e promotora da parentalidade positiva, através de seminários e workshops dinamizados pela equipa técnica do projeto em torno de temáticas relevantes para esta capacitação.

Objetivos:

Capacitar técnicos municipais para habilitarem famílias na promoção de ambientes familiares positivos.

Promover a autonomia dos municípios na formação de profissionais e na sustentabilidade do projeto.

Público-Alvo:

Técnicos do Município, psicólogos ou educadores de infância/professores ou profissionais de ciências da educação, de ciências sociais e das ciências da saúde

A comunidade, profissional e não profissional.

A Tecnologia aliada à Educação

Projeto: Salas de Aula do Futuro

A Sala de Aula do Futuro, inspirada no Future Classroom Lab da European Schoolnet, além de uma visão para o futuro da educação, é um ambiente, onde se tem em consideração 3 elementos chave: o Espaço, a Pedagogia e a Tecnologia, otimizados para facilitar a inovação das metodologias nos processos de ensino e aprendizagem. É uma abordagem flexível que tem em conta fatores de boas práticas, cultura e contexto da Escola, as disciplinas em questão, entre outros, de forma a promover o sucesso escolar.

A Sala de Aula do Futuro são laboratórios de Aprendizagens e não se limitam a ser uma substituição da sala tradicional, são ambientes que se criam para potenciar as aprendizagens dentro do recinto escolar, mas complementados com as bibliotecas, os laboratórios existentes, ao ar livre, em casa, havendo recurso a tecnologias para potenciar e acelerar as aprendizagens, recorre-se a metodologias que favoreçam a mudança educativa e a possibilidade de desenvolvimento de competências essenciais para o século XXI.

São esperadas ações de sensibilização de explicação aos pais/encarregados de educação e pretende-se o seu envolvimento na dinamização de dinâmicas.

Objetivos:

Pretende uma melhoria dos resultados escolares ao nível do 1.º Ciclo do Ensino Básico, utilizando metodologias inovadoras que permitam o aumento da motivação dos alunos para o estudo e para o seu esforço pessoal, melhorando e potenciando a aprendizagem.

Público-Alvo:

Escolas do 1º ciclo

 

Empreendedorismo Escolar no Pré-Escolar e no 1º Ciclo

Projeto: Ter Ideias para Mudar o Mundo

Aposta numa formação integrada e alargada das crianças através de projectos e experiências inovadoras e desenvolve o espírito empreendedor a crianças dos 3 aos 12 anos. O Manual “Ter ideias para mudar o Mundo” foi criado pela equipa pedagógica do Centro Educativo Alice Nabeiro com os seus 115 alunos em 2008. Passado dez anos, são mais de 4000 alunos por ano que em Portugal treinam as suas competências empreendedoras concretizando projetos nas mais diversas áreas e interesses. Este manual é uma ferramenta poderosa que altera a dinâmica da comunidade escolar, abre mentalidades, reforça a autoestima, a criatividade e a imaginação. As crianças treinam o poder da inteligência emocional, dos compromissos, do trabalho de equipa criando ciclos de trabalho, redes e ofertas. Promovem as suas competências de comunicação e assertividade e lideram mudanças no seu Mundo próximo! Treinando 12 áreas do conhecimento empreendedor, reforçam os valores do empreendedor. É um contributo para que desde a primeira infância até aos 12 anos possamos promover a formação cívica estruturada, capaz de reabilitar no futuro o espirito empreendedor que tanto desejamos em Portugal.

Objetivos:

Promover valores e competências em áreas como a cidadania, voluntariado, trabalho de projeto, solidariedade ou educação ambiental.

Reforçar a sociedade local, dos seus valores endémicos, na qualificação das futuras gerações.

Público-Alvo:

Pré-Escolar, 1º e 2º Ciclo.

 
 


 

 


 

Powered by: TextoVirtual.com