Destaques

Título Terceira edição do Jazz em Fafe
Web-jazz-2017_post-fb
Data de Publicação 2017-10-09 00:00:00 +0100
Sub-título Jazz melódico anima a cidade em Outubro
Descrição

Outubro volta a ser o mês em que o Jazz visita Fafe e anima a cidade com diversos concertos.

Fafe fica, mais uma vez, envolvida num ambiente ritmado pelos sons do jazz, com várias atividades de entrada livre por toda a cidade, destinadas a todo o público.

A sala principal do Teatro Cinema recebe, novamente, três grandes concertos, de entrada livre, a partir das 22h00.

Renato Dias, guitarrista de formação, dá o mote para esta terceira edição. O músico apresenta, com o seu trio, uma seleção de composições originais inseridas no primeiro disco intitulado “Suspiro”, na próxima sexta-feira, 13 de Outubro. Juntamente com Filipe Teixeira (contrabaixo) e Filipe Monteiro (bateria), o trio explora a partir de vários ângulos o conceito do "belo", transportando-nos para ambientes e sonoridades que tanto têm de profundidade e delicadeza harmónica como de enérgica complexidade rítmica.

 

A 20 de Outubro, é a vez de Roberto Pianca subir ao palco. Destacando-se na cena jazzística internacional, Roberto Pianca é um dos músicos com mais presenças nos mais diversos palcos europeus. Este projeto é formado por Dan Kinzelman (saxofones), Glenn Zaleski (piano), Roberto Pianca (guitarra), Stephano Senni (contrabaixo) e Luís Candeias (bateria). Neste espetáculo, Pianca apresenta o seu mais recente projeto, “Sub Rosa”, cuja música circula entre os universos da música clássica, do jazz, do rock e da música contemporânea. Roberto Pianca, guitarrista e compositor, formado pelo Conservatório de Amesterdão, tem tocado e trabalhado com uma variedade de artistas internacionais como Joey Baron, Mark Ferber, Thomas Morgan, Savina Yannatou e muitos outros.

 

A série de concertos no Teatro Cinema encerra a 27 de Outubro com o projeto musical "A vida de X". Este quarteto, formado pelo Miguel Ângelo (contrabaixo), João Guimarães (saxofone), Joaquim Rodrigues (piano) e Marcos Cavaleiro (bateria), cria através de um conjunto de dez temas uma história de vida permitindo ao público imaginar e interpretar de forma pessoal a música que ouve, um trabalho harmonicamente complexo e de elevado valor do Jazz nacional.

 

Para além destes três espetáculos, decorreram também diversos concertos, durante todo o mês, protagonizados por alunos da Escola de Jazz do Porto. As atuações decorrerão nos dias 14, 21 e 28 de Outubro, em vários pontos da cidade.

 

Imagens
Powered by: TextoVirtual.com