Destaques

Título Câmara Municipal de Fafe aprova Orçamento para 2019
Imagem_16_01
Data de Publicação 2018-11-01 00:00:00 +0000
Sub-título Orçamento de 39 milhões e meio de euros mantém o investimento estrutural definido para o concelho
Descrição

Apoios Sociais, Obras e Novos Equipamentos são as grandes apostas


Foi aprovado por maioria, sem votos contra, o Orçamento para o ano de 2019.
Este orçamento de 39,5 milhões de euros, elaborado com a preocupação de rigor e prudência, representa um investimento de cerca de 16 milhões de euros, correspondendo a mais de 40% da despesa total.
Neste orçamento existe uma forte componente de Fundos Comunitários, no valor de 8 milhões de euros, que representam 60% da receita de capital.
É um orçamento que concretiza um conjunto de projetos que têm vindo a ser preparados e já aprovados em anos anteriores.
Concretiza um conjunto de obras estruturantes e com forte impacto para a comunidade, das quais se salientam a renovação e requalificação da Escola Secundária de Fafe e do Centro Educativo Carlos Teixeira, a construção do Nó de acesso à Z1 de Arões/Golães, que inicia já em Novembro, a requalificação do Bairro da Cumieira e respetivos arruamentosrequalificação do Pavilhão Multiusosmelhorando as condições de funcionamento, nomeadamente a climatização do edifício e a implementação de medidas de eficiência energética, a requalificação da Rua Raul Brandão e arruamentos adjacentes, e a requalificação da zona de Santo Ovídio e S. Brás.
Sinaliza um conjunto de projetos que vão ser trabalhados, para já ainda com escassos consumos financeiros ou que aguardam financiamento, como a construção de uma nova piscina municipal e a construção os novos campos de ténis, instalar no nosso Parque da Cidade; a requalificação do Pavilhão Municipal e a construção de novos pavilhões nas escolas.
Mantém a forte aposta nas preocupações sociais, com os mais desfavorecidos e com aqueles que apresentam maiores dificuldades económico-finaceiras.
Mantém e reforça a preocupação na área da Educação, não só com a requalificação das escolas, mas também com as obras de beneficiação em diversos edifícios escolares do concelho, a requalificação dos parques infantis escolares, a implementação de um plano inovador de combate ao insucesso escolar e das salas de aula do futuro.
Mantém o enfoque no desenvolvimento económico que resulta do impulso para a concretização da Zona Industrial de Regadas, o desenvolvimento da Zona Industrial de Arões/Golães e na requalificação da Zona Industrial do Socorro.
Reforça o Quadro de Pessoal da Câmara, de forma significativa, aumentando o número de assistentes operacionais e assistentes técnicos, com a finalidade de resolver os constrangimentos que resultaram da impossibilidade de contratar nos últimos 6 anos, mantendo a aposta na melhoria e qualidade dos Serviços.

Raul Cunha, Presidente da Câmara Municipal de Fafe, considera que “este é um orçamento exigente que obrigará a um grande esforço, trabalho e empenho de todos para a sua execução.
Espero que os responsáveis políticos sejam capazes de dar as mãos e se concentrem todos no objetivo principal de o executar.
Sabemos e temos consciência do resultado do último ato eleitoral, pelo que torna a tarefa ainda mais difícil.
Contamos com o empenho de todos os trabalhadores da Autarquia, com o seu profissionalismo, dedicação e capacidade de trabalho para que este ambicioso orçamento possa ser executado.
É um orçamento contido na despesa e ambicioso no investimento que permitirá dar continuidade ao nosso objetivo que é dar mais e melhores condições de vida e modernidade a todos os Fafenses.”, concluiu o autarca."

 

Imagens
Powered by: TextoVirtual.com