Destaques

TítuloArmindo Araújo vence Rally de Serras de Fafe e Felgueiras
88083948 2730985530282225 6525970010454622208 o
Data de Publicação2020-03-02 00:00:00 +0000
Sub-títuloProva com marca de sucesso nesta 33ª edição
Descrição

A emoção e o espetáculo do automobilismo regressaram este fim de semana, com o 33º Rally Serras de Fafe e Felgueiras.

Fafe mostrou, mais uma vez, ser a Catedral do Rally com provas brilhantes e um ambiente fantástico. Armindo Araújo foi o grande vencedor desta edição. Bruno Magalhães ocupou o segundo lugar do pódio e Ricardo Teodósio arrecadou a terceira posição.

A super-especial “Fafe Street Stage”, atestou, novamente, a satisfação do público, com milhares de pessoas a encher as ruas da cidade e a vibrar a cada passagem. Também as Serras de Fafe tiveram um outro encanto ao tornarem-se palco do verdadeiro espetáculo do desporto automóvel. Em Felgueiras, o ambiente foi igualmente fantástico.

O Rally Serras de Fafe e Felgueiras foi, assim, mais uma prova marcada pelo sucesso, o espetáculo e emoção a que estamos habituados.

Raul Cunha, Presidente da Câmara Municipal de Fafe, fez um balanço muito positivo da prova, garantindo que “a 33ª edição do Rally Serras de Fafe e Felgueiras foi um verdadeiro sucesso. Milhares de entusiastas do desporto automóvel estiveram em Fafe e vibraram à passagem de cada automóvel, atestando, assim, Fafe como a Catedral dos Ralis. Nesta prova, ficou bem evidente a qualidade dos nosso troços, a simpatia e bem receber das nossas gentes e o carinho que todos temos pelo desporto automóvel. A segurança de todos foi acautelada, o ambiente foi, em todos os dias da prova, inesquecível e a emoção que nos caracteriza esteve sempre lá. Estamos muito satisfeitos! Os nossos parabéns aos vencedores e a todos ao participantes que competiram neste rally e um bem haja ao público por ter feito deste mais um momento alto no panorama desportivo do concelho.”

 

CARLOS CRUZ - Diretor do Rally Serras de Fafe e Felgueiras

“Correu felizmente tudo bem. Ao final da tarde o tempo piorou e atendendo ao estado que estava o terreno tivemos que anular a última especial do Campeonato Norte de Ralis. Mas relativamente ao Campeonato de Portugal de Ralis e ao Troféu Ibérico, não houve qualquer problema.

Em termos competitivos foi um rali muito disputado, que foi decidido mesmo na recta final. O público também está de parabéns, para além de ter aderido em massa teve um comportamento exemplar”.

ARMINDO ARAÚJO - Vencedor do Rally Serras de Fafe e Felgueiras

«Chegamos ao Rally Serras de Fafe e Felgueiras com um projeto novo, uma equipa nova, um carro novo, tudo novo. As nossas ambições eram muito altas: vencer. Conseguimos, desde o início, impor um ritmo muito rápido, passar para a liderança da corrida e, basicamente, conseguir dominar a prova como nós queríamos.

O nosso foco era, inicialmente, apenas o Nacional, mas as condições meteorológicas foram-se agravando e hoje, na parte da tarde na Power Stage, na Lameirinha, as condições eram realmente complicadas. Fizemos um forcing atacando e defendendo nos sítios certos e o nosso adversário na luta pela geral acabou por bater. Estávamos no sitio certo na hora certa para amealhar também a vitória geral e, portanto, foi um fim de semana em cheio, para mim, para a Racing Factory em termos de posicionamento do Nacional e aquilo que nós queremos mostrar neste campeonato».

BRUNO MAGALHÃES - 2.º classificado

“Estivemos sempre na luta mas, com piso seco e terra solta, não conseguíamos ter tração e a partir daí começamos a rezar a todos os santinhos para que as condições se tornassem difíceis, com chuva e nevoeiro, porque sentimos que aí podíamos fazer a diferença. Felizmente foi isso que aconteceu e conseguimos sair daqui com um grande resultado, o segundo lugar, mas ao mesmo tempo com a sensação que temos que trabalhar muito. Foi o primeiro rali com este carro, com os novos amortecedores e temos muita coisa para aprender. Foi um rali em que andei constantemente a mudar o carro à procura da melhor aderência e se quisermos estar fortes nos Açores temos mesmo que trabalhar. A concorrência para este campeonato vai ser renhida, mas isso já sabíamos antes desta prova, mas também vamos ter uma palavra a dizer”.

RICARDO TEODÓSIO - 3.º classificado

“Este foi um rali misto, com momentos bons e outros menos bons. Se não tivesse chovido, podíamos ter lutado com o Armindo pela vitória no CPR, mas a chuva veio atrapalhar as nossas contas. Principalmente a mim porque já não estava muito à vontade para andar na chuva e apanhei uns sustos grandes e quando já não estás tranquilo, não consegues andar. E não consegui andar no molhado aquilo que desejava. Por isso tentei atacar no seco para passar o Bruno, o que conseguimos, mas, na parte final, os dois últimos troços estavam impraticáveis. Não saímos de estrada logo no início da Lameirinha por sorte, tal como estivemos quase a fazer dois piões o que nos fez perder muito e fomos com muito cuidado. Depois fomos para o último troço a tentar ficar à frente do Bruno, mas ele foi superior, arriscou mais um pouquinho, conseguiu fazer a diferença e ultrapassar-nos. Fomos terceiros e estamos contentes com o nosso resultado, mesmo se queríamos era vencer. Mas é melhor um pódio do que acabar fora de estrada”.

Informação actualizada, declarações e fotos em: https://cpl3.com/index.php/media-center/24-mediacenter/demoporto/999-rally-serras-de-fafe-e-felgueiras-segundo-dia

Tudo sobre o Rally Serras de Fafe e Felgueiras 2020 aqui.

Powered by: TextoVirtual.com