Destaques

Título Tatanka e João Só no Teatro Cinema de Fafe
Instagram
Data de Publicação 2019-02-19 00:00:00 +0000
Sub-título
Descrição

No próximo dia 9 de março, num concerto promovido pela Câmara Municipal de Fafe e produzido pela Time to do, sobem ao palco do Teatro Cinema os músicos Tatanka e João Só.
Pedro Taborda, mais conhecido por Tatanka, tem um novo projeto de música a solo ao qual deu o nome de Império dos Porcos. O vocalista de The Black Mamba sobe ao palco do Teatro Cinema de Fafe para um concerto intimista. Tatanka é genial, aparatoso e apresenta-se sempre com uma voz afinada e um talento de guitarrista solista bem evidente. Gonçalo Palma descreve Tatanka com “uma espécie de super-humano que na voz tem qualquer simultânea de Otis Redding e de Janis Joplin, e na guitarra sobram dons de Santana. Junta-se a isto o seu humor autentico que põe qualquer sala a rir.”.
O “Império dos Porcos” marca o regresso do músico às suas origens. As músicas, todas cantadas em português, são o reflexo das suas origens. O músico diz-se “uma pessoa do campo, humilde e simples” e, neste trabalho, são as suas raízes que o inspiram, coisas simples do quotidiano, coisas terra a terra.
O músico já lançou alguns temas que constituem o álbum e que já são bem conhecidas de todos nós. “Alfaiate”, “De alma Despida” e “Estrelas” fazem parte do repertório diário das rádios nacionais e das novelas de horário nobre. Apesar da sua juventude, João Só é um dos cantautores nacionais de maior reconhecimento e êxito – “Sorte Grande”, “Até Ao Fim” ou “É P’ra Ficar” são apenas alguns dos exemplos.
O Musico que, este ano, celebra 10 anos de carreira surge envolvido, recentemente, em dois projectos aparentemente distantes um do outro, mas que têm em comum a destreza criativa – a parceria com Nuno Markl no projecto “Dr. Paixão & Dr. Só”, dalguma forma a sequela de Telebaladas, que semanalmente está presente na antena da Rádio Comercial para delícia de todos quantos vibram com as cartas a que João Só dá vida sob a forma de canção; o outro, com o título “Deixem o Bullying Só!”, de carácter socio-pedagógico, que visa alertar o público em idade escolar para o fenómeno do bullying nas suas mais variadas perspectivas – a vítima, o agressor, o ciber-bullying e a neutralidade e que já foi apresentado na Escola Professor Carlos Teixeira no âmbito de uma parceria entre a Time to do e Associação de Pais.
Depois de, no ano passado, ter editado ”O Bom Rebelde”, uma compilação que reúne os seus melhores temas, alguns inéditos e ainda novas reinterpretações de alguns temas mais antigos, e que celebra os 10 anos da sua carreira, João Só regressa com a reedição
de “Mais Ninguém”.
Os bilhetes estão à venda na loja Interativa de Turismo e em Last2ticket, por 8€.

Imagens
Powered by: TextoVirtual.com